TRÊS ESCRITORES GAYS QUE VOCÊS PRECISAM CONHECER

13:32

Waldo Motta

O camarada mora em Vitória/ES, mas é do interiorzão capixaba. Dos três escritores que estou divulgando aqui, ele deve ser o mais falado pela crítica. Waldo escreve poemas apenas e sua obra Bundo e outros poemas é a base de muitas linhas de pesquisa daqueles que manuseiam a literatura brasileira pós-moderna, inclusive a minha. Assonâncias, aliterações, o sagrado e o profano se embaralham na poesia de nossa Waldeusa!



Santiago Nazarian

Burguês revoltado que eu gosto muito. Seu trabalho é classificado como "existencialismo bizarro" e faz um misto de  particularidades clássicas com o horror pós-moderno. Amo suas narrativas e sua postura como escritor. O camarada teve um livro, "Mastigando humanos"(que eu adoooooro!), como leitura obrigatória no vestibular de 2013, se não me engano, da Universidade Estadual da Paraíba. Nazarian foi eleito um dos autores jovens mais importantes da América Latina pelo juri do Hay Festival em Bogotá, Capital Mundial do Livro.


Luís Capucho

O último, mas não menos importante escritor, é meu querido Luís Capucho! Escritor gay e  soropositivo que além de narrar de maneira estonteante, expõe muito de sua vida nas redes sociais, inclusive no Facebook. Em tempos de esquecimento do HIV pelos jovens, Capucho mostra  o seu dia a dia e sequelas provindas da AIDS. O cara é tão foda que canta, compõe e teve letra cantada até por Cássia Eller. Rato, de 2007, é a narrativa dele que eu mais gosto! Luís Capucho é tão fantástico que narra os dias hodiernos "fazendo um link" com antigas escolas literárias.

You Might Also Like

0 comentários

Sigam-me!

Postagens populares

Total de visualizações de página