OUROBOROS

00:03

OUROBOROS

Seleção natural:
Mutante num novo habitat
Se o boi não aguentar a falta d’água, morre
urubu pega a sua carne e deixa o couro
Ora animalesco, ora intimista.
Sou ultrarromântico, sou naturalista
O fim pariu um novo início,
uma serpente devorando a própria cauda.
Amores líquidos, sociedade líquida, pessoas vazias.
Estamos mortos para o mundo...
E eu não estou feliz, o peito arde.
Pesar, mágoa, melancolia.
Saudades.
É possível remanescer e deixar descendentes?
Reliqua...
Irei sobreviver?

Por Rodrigo Vello.

You Might Also Like

0 comentários

Sigam-me!

Postagens populares

Total de visualizações de página