PERMITA-SE, QUITILANE PINHEIRO

22:44

Permita-se
(Quitilane Pinheiro)

Permita-se conhecer o desconhecido,
Três, quatro, cinco dias ou anos não o conhecem.


A entender que o ideal não é ideal.
Que rio é só saudade e nada mais...
E a margem... terra firme?

Em uma sociedade de amores líquidos?
Permita-se
Degustar e vivenciar a busca
de companheirismo,
das indiferenças,
dos laços,
da liberdade...

Permita-se.  

You Might Also Like

0 comentários

Sigam-me!

Postagens populares

Total de visualizações de página