Balangando um pouco...

13:29

              O sentimento que eu tenho é que eu perdi um ano da minha vida correndo atrás de algo que não daria certo, é como se no fundo eu sempre soubesse que não daria certo e eu mesmo assim, insisti. Porra, quase dois mil conto num voo nacional é salgado pra quem está começando a vida agora...
                Abri mão de um relacionamento que com certeza daria certo usando a justificativa “agora não, quero estudar”, e eu me fodi bonito, eu não vou estudar porra nenhuma em lugar algum.  Agora o moleque tá lá, perambulando para cima e para baixo com um fotógrafo Zé Ruela do caralho... Quero que você morra junto com ele... Só isso: quero que você morra.
Eu me fechei para uma coisa só e deixei passar inscrições para processos de mestrado aqui próximo porque eu tinha tudo sob controle. E eu não tinha nada e continuo sem nada.
                Poderia ter me empenhado para sair da casa dos meus pais, ter mudado para Vitória, ter feitos outras coisas mais próximas, mais produtivas e mais convenientes para esse momento. FODA, FODA, FODA!!! A dor de não conseguir, ainda é menor da dor que aquela que não deixa eu me perdoar, criar outro plano e me basear em outras perspectivas.
                E da semana passada pra cá estou passando por uma avalanche de desgraças: a correia da minha sonata estourou, minha porta quebrou, bolas fora na vida profissional, minha mãe enchendo a porra do saco... Eu queria estar morto. Tem sido tudo caótico...
                Durante o ano o dono de uma editora GLBT X leu umas coisas minhas e disse até que me mandaria um contrato por e-mail para eu poder escrever nessa tal editora...  E nada também...
                Quantas promessas, não? Bom, uma coisa eu aprendi: sair fora desses padrinhos...
                Processos de mestrado todo ano tem, agora é enfiar a cara e estudar mais, me dedicar mais, me programar mais...  Preciso também estudar para concursos, já que o municipal daqui não ofertou a disciplina de Língua Portuguesa e a SEDU-ES está segurando o edital – que deve sair para o ano próximo.
                Ah, e eu também não quero mais saber de relacionamentos.  Esses caras só querem nos usar e eu estou cansado de ser enganado.
                Estou bem desestimulado, mas agora é agir e dar tempo ao tempo.


Bj, R.

You Might Also Like

0 comentários

Sigam-me!

Postagens populares

Total de visualizações de página