GAROTAS MEIGAS SÃO MAIS FÁCEIS

19:35



Dezoito de novembro de 2011. Barzinho podre, musiquinha chata. E a meiga Alice sozinha tomando a sua cerveja quente. Na outra ponta do bar, Johnn fumava seu cigarro barato e jogava sinuca. Era um arquétipo estranho, grosseiro.
Cidadezinha fria, vazia, opaca. Contudo, aquela seria "a noite" daqueles dois jovens. Conversa vai, conversa vem. Ela bebe mais um copo. E ele acerta mais uma bola na caçapa. Chega gente, sai gente. Gritaria, risadas. Coisas de boteco.
O rapaz mirou aquela garota sozinha, isolada do mundo, bebendo sem parar e pensou: "Por que não, hoje é sábado mesmo?" - justificativa tola.
Chegou na garota parecendo um siri armada. E ela - bobinha - aceitou, sem saber o que a esperava. Conversaram muito, trocaram uns beijos e até umas carícias. Baixaria! Quarenta minutos num diálogo besta e a garota idiota já estava amando o mancebo.
- Você quer dar uma volta? - disse o rapaz todo animadinho.
- Por que não iria? Já estou apaixonada.
Esse é o século XXI: os jovens não tem nada na cabeça e tudo acontece precocemente. Em menos de vinte minutos, a sonsa já estava na furreca dele.
O garoto cheio de segundas intenções, levou-a para a praia e eles conversaram sobre as "coisas da vida", aquilo que estraçalhava o coração de cada um.
Estava tudo muito lindo para ser verdade. O dia ainda não tinha raiado e o bom Jonh disse:
- Sabe Alice... Quando me sinto triste e só, recorro a Jesus. Vamos voltar para o carro?
A garota sorriu, mas não respondeu nada. Voltaram ao automóvel e ele estendeu a mão segurando um livro grosso. Era uma Bíblia Sagrada. Ao abrir a obra santa: era um material oco, com uma caixinha cheia de cápsulas.
- O que é isso, cara?
- São remedinhos para fazer a cabeça. Relaxa!
Cega por um amor prematuro, deixou se levar pelo moço. Drogada e entorpecida, Alice foi estuprada e teve suas vísceras consumidas por Jonh. Três semanas depois, seus restos mortais foram encontrados em uma casa abandonada, próximo ao bar podre onde tudo começou. E Jonh? Naquela cidade ninguém sabe da existência dele. E a tragédia se alastrou por toda a região.

You Might Also Like

0 comentários

Sigam-me!

Postagens populares

Total de visualizações de página