Literatura e Música: a intertextualidade das obras de Edgar Allan Poe nas músicas de bandas do estilo Heavy Metal e seus sub-gêneros.

20:58



Sabe-se que intertextualidade é um texto que “dialoga” com outras formas de texto. Edgar Allan Poe foi o mais romântico dos principais escritores americanos. Em suas obras, ele não se preocupava em colocar em pauta os fatos que mesclam entre o bem e o mal, nem tampouco dar lições de moral. Observa-se que o diálogo existente entre a literatura de Poe e as músicas do estilo Heavy Metal e subgêneros, seria uma concretização das obras do autor mais desgraçado e misterioso de todos os séculos.

A maioria das obras de Poe é espelho de seu sofrimento, causado pela morte de sua amada. O escritor é do Romantismo, ele se posicionou contra os valores da sociedade burguesa de sua época, pondo seus escritos em um ambiente misterioso, de morte, sonhador e insano.

A literatura do autor em questão faz parte da tradição gótica e suas particularidades influenciaram bandas como A Dream of Poe, Nigthwish, Xandria, Finch, Lou Reed dentre outros artistas. A banda Arcturus, por exemplo, utiliza o próprio poema Alone escrito por Poe para fazer um som. Esses conjuntos musicais influenciados pelo que Edgar Allan Poe escreveu, promovem um tipo de intertextualidade em sua música.

As obras de Edgar Allan Poe foram impulso para criação de músicas de diversos artistas. E essa intertextualidade provocada por essas bandas, nada mais é que um tipo de condição de arte.

You Might Also Like

0 comentários

Sigam-me!

Postagens populares

Total de visualizações de página