Lady of Shalott #2

19:21


Alfred Tennyson foi um atormentado poeta inglês da era vitoriana, muito de seus escritos era baseado em temas clássicos mitológicos e sua personalidade reflete naturalmente em toda a sua obra. Nasceu em Somersby, Lincolnshire, e é considerado o poeta mais característico da sua época. The Lady of Shalott está em seu segundo livro publicado. Segundo o site wikipedia, Tennyson era agnóstico e pandeísta, para ele: "As igrejas mataram o seu Cristo." ratificando o site com palavras do escritor: "Existe mais fé na dúvida honesta, acreditem-me, que em metade das religiões". Seu primeiro sucesso foi Poems, Chiefly Lyrical (1830) tornando-se admirado até pela rainha Vitória. Seguiram-se outros poemas de sucesso como Ulysses (1842), Locksley Hall (1842), The Princess (1847), Maud (1855), a série de poemas narrativos Idylls of the King (1859), sobre as lendas em torno do Rei. Para o poema In Memoriam, sua inspiração veio da dor e da mágoa não resolvida pela morte do seu grande amigo Arthur Hallam, que conheceu enquanto estudante: quando Hallam morreu subitamente em 1833, Tennyson ficou mais que desolado; caiu num estado de luto e melancolia que se perdurou por mais de 20 anos, e que seria resolvida com a finalização da sua obra-prima In Memoriam A.H.H., um longo poema descrevendo a "viagem da sua alma", como o próprio poeta afirmou, do desespero à resignação e à aceitação. In Memoriam é considerado atualmente como um poema metafísico carregado de simbolismo e alegoria. Pelas palavras do site wikipedia:
"A amizade homoerótica de Tennyson por Hallam apresenta-se como subconsciente, livre de remorso ou sentido de ilícito. O conceito de homossexualidade que define uma identidade psicológica específica, ainda não existia, e como a relação entre os dois homens era casta, não tinham de que se arrepender no que se refere ao "pecado da sodomia". Perto do final dos seus dias, literamente no seu leito de morte, Tennyson proclamaria que o maior amor da sua vida, o amor que "suplantou o amor pelas mulheres", foi Hallam."
A arte de Tennyson mescla entre temas clássicos, medievais, fatos domésticos e manisfestações da natureza.Tennyson era um escritor que revia extensivamente os seus escritos. Utilizou uma grande variedade de estilos e tinha conhecimento do uso da métrica."[...]sua inclinação para a ordem e a sua tendência para a moralidade e auto-indulgência melancólica da sua maturidade, são o reflexo do período vitoriano, em que viveu."O autor mostra sua preocupação sobre a contradição entre a obre a contradição entre a fé religiosa e o progresso científico. Alfred Tennyson faleceu aos 83 anos em outubro de 1892.

Fonte:

You Might Also Like

1 comentários

Sigam-me!

Postagens populares

Total de visualizações de página