00:47





Faz parte do cotidiano

Você acorda, escova os dentes, corre, se arruma, corre, pega ônibus e chega. Sorri, dá bom dia, crianças correm, gritam. O sujeito trabalha trabalha e corre. Pega uma carona. Às vezes almoça em casa, às vezes na rua... Ou fica sem almoçar. Corre, ônibus lotado, sol quente - raramente chove nesse horário - Boa tarde e mais trabalho, metabolismo lento. E a molecada grita! Conta os minutos: fim do expediente! Ônibus lotado, pensamentos tristes, raiva e até um pouco de alegria. Tarefas de casa e agonia. Banho, faculdade, bate-papo, aula, bate-papo, intervalo, se pega contando os minutos. Sono, sono, sono, sono ZzZzZZzZz... De volta ao lar, fome - mas não janta para manter a barriguinha - Finalmente, hora de dormir ZzZzZZzZzZz...E, assim, se suicida cinco vezes por semana. Sábado: Preguiça, cerveja e encontros merecidos. Domingo: Dome ao dia, dorme a noite e a preparação da carne para uma nova série do quintúplo suicídio. Um ciclo que se repete, repete, repete, repete...

You Might Also Like

2 comentários

Sigam-me!

Postagens populares

Total de visualizações de página